A2.02. Quais as Bolsas / incentivos que existem para estudantes internacionais na Universidade de Évora?
Last Updated 27 days ago

As bolsas para Estudantes Internacionais visam facilitar o seu acesso à formação oferecida pela Universidade de Évora através da concessão de um incentivo financeiro, nos termos do artº 22º do Regulamento Académico. Há dois tipos de bolsa:

Bolsa para a Coo
peração e Desenvolvimento, atribuída nas seguintes condições cumulativas:
  • Tem de ter estatuto de estudante internacional
  • Tem de ter nacionalidade de PALOP
  • No ano de ingresso todos tem direito à bolsa
  • Nos anos seguintes, tem de obter aprovação a pelo menos 48 ECTS do plano de estudos no ano letivo antecedente, exceto no 1º ano do ingresso em que necessitam de aproveitamento a 30 ECTS e:
    • os estudantes de 2º ciclo tem de ter projeto aprovado e terem estado inscritos na UC D/TP/E no ano anterior, desde que o nº de inscrições não seja superior a um em relação à duração normal do curso;
    • os estudantes de 3º ciclo, tem de ter projeto aprovado e terem estado inscritos na UC Tese no ano anterior, desde que o nº de inscrições não seja superior a dois em relação à duração normal do curso.
Bolsa de Mérito:
  • Tem de ter estatuto de estudante internacional
  • No ano de ingresso
    • no 1º ciclo tem de ter uma classificação igual ou superior à nota mínimo de mérito de 1º ciclo e Mestrado Integrado definida anualmente em despacho reitoral, sendo C correspondente a:Classificação de acesso considerada na seriação no 1º ciclo e MI
    • no 2º ciclo tem de ter Média da licenciatura igual ou superior à nota mínimo de mérito de 2º ciclo, definida anualmente em despacho reitoral
    • no 3º ciclo tem de ter a classificação C=0,60 x média da licenciatura + 0,4 x média do mestrado (se não tiver mestrado será 0,6 x licenciatura) igual ou superior à nota mínimo de mérito de 3º ciclo, definida anualmente em despacho reitoral
  • Nos anos seguintes, tem de cumulativamente ter obtido:
    • Aproveitamento a pelo menos 60 ECTS do plano de estudos no ano letivo anterior
    • Nesses 60 ECTS tenham obtido uma média ponderada igual ou superior à nota mínima de mérito definida anualmente em despacho reitoral
    • Número de inscrições não ultrapasse a duração normal do curso
    • Sendo estudante de 3º ciclo, nos anos seguintes, tem cumulativamente de:Nº inscrições não ultrapasse a duração normal do curso
      • No caso de 3º ciclos sem curso de doutoramento : A Classificação = 0 0,6 média licenciatura + 0,4 média do mestrado, seja superior à nota mínima de mérito definida anualmente em despacho reitoral,
      • No caso de 3º ciclos com curso de doutoramento: Média do curso de doutoramento ser superior à nota mínima de mérito definida anualmente em despacho reitoral E projeto aprovado de acordo com prazos previstos no plano de estudos.
Os estudantes internacionais estão dispensados da apresentação de candidatura, cabendo aos Serviços Académicos efetuar as ordenações dos alunos elegíveis. No ano de ingresso a atribuição será automática no ato de matrícula, nos anos subsequentes, será divulgado, no Portal da UÉ, no 1º trimestre de cada ano letivo.

Em cada ano letivo, um mesmo Estudante Internacional só pode beneficiar de uma das modalidades de bolsa e não se podem aplicar cumulativamente os regimes especiais que conduzam à redução do montante de propinas, aplicando-se a opção mais favorável.

O valor do incentivo será fixado em Despacho Reitoral e será, no máximo, igual à diferença entre o valor da propina do estudante internacional e o valor da propina prevista para estudantes nacionais. O valor da propina a liquidar pelo beneficiário de incentivo corresponderá ao montante de propina devido depois de subtraído o valor do incentivo.


image Caso não tenha ficado esclarecido, coloque aqui a sua dúvida.

Please Wait!

Please wait... it will take a second!